Alfândega

Alfândega no Brasil Para garantir que não pagará impostos sobre bens (de uso pessoal) que está levando na bagagem, registre na Receita Federal dos aeroportos internacionais brasileiros os equipamentos fabricados no exterior e de grande valor.
Alfândega - livre de impostos Todo viajante, inclusive menores de idade, podem trazer do exterior mercadorias no valor de até US$ 500,00, em viagem aérea e marítima, sem pagar impostos. A cota é pessoal e intransferível.Obs: O valor das cotas para os países da América do Sul são diferenciadas. Verifique antes da viagem!
Alfândega - "Duty Free" Além da cota de US$ 500,00 para compras no exterior, o viajante tem direito de gastar US$ 500,00 no "duty free shop" (ou loja livre de impostos) no aeroporto onde a bagagem é examinada pela Alfândega Brasileira, no desembarque. A cota não vale para "free shop" de outro aeroporto. Obs: O valor das cotas para os países da América do Sul são diferenciadas. Verifique antes da viagem!
Alfândega - valor excedente Se a compra ultrapassar o valor da cota de isenção, o viajante estará sujeito ao pagamento de impostos de importação. Verifique os percentuais com a Receita Federal.
Bagagem - o que fazer antes de viajar; o que o viajante pode trazer do exterior sem o pagamento de impostos; compras em loja franca (Duty Free Shop); tributação, bens que não podem ser trazidos como bagagem; pagamento; o que é proibido trazer do exterior; apresentação da bagagem acompanhada; bens a declarar; menores, multa, bagagem extraviada e legislação.
Viajante que permanece no exterior por período superior a 1 ano no exterior e retorna em caráter permanente
RTS - Regime de tributação Simplificada
ATENÇÃO Todas as informações acima estão sujeitas a alteração sem prévio aviso. Consulte as autoridades antes de planejar sua viagem!


Voltar